Parlamentar solicita investigação de denúncia de agressão contra adolescentes




O deputado estadual Carlos Bordalo (PT), presidente da Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Pará (Alepa), encaminhou nesta quarta-feira (14) moção solicitando à Corregedoria da Polícia Militar e ao Ministério Público Estadual que seja investigada, em caráter de urgência, a denúncia de agressão praticada por policiais contra três adolescentes em Ananindeua. O caso foi denunciado nas mídias sociais na noite de terça-feira (13) e ganhou repercussão na imprensa. 

Em reportagem veiculada na imprensa local e nas redes sociais, a socióloga Vanessa Gambôa, mãe de um adolescente de 15 anos, estudante de uma escola particular de Ananindeua, acusa uma dupla de policiais militares de ameaçar e agredir seu filho e outros dois amigos, próximo ao Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência, no mesmo município. 

De acordo Vanessa Gambôa, o caso foi registrado na Corregedoria da Polícia Militar. Os rapazes retornavam para casa após as aulas e resolveram brincar de estourar "bombinhas" em via pública. Em seguida, os adolescentes foram abordados pelos dois policiais e, ainda de acordo com a mãe, os agentes encostaram os três contra a parede e os agrediram com chutes e tapas.

"O meu filho chegou sangrando em casa, disse que durante as agressões os policiais ainda chamavam ele de vagabundo, pedindo para limpar o sangue", relata Vanessa. Ela conta que teve medo de retaliação policial, mas decidiu fazer a denúncia para encorajar quem passa ou já passou pelo mesmo tipo de situação. "Fiquei com medo de denunciar, mas resolvi seguir em frente. Inclusive vamos ao Ministério Público, porque este tipo de situação não pode ser encarada como normal. Hoje o meu filho foi ferido, amanhã um jovem pode ser morto", disse. 

Diante da gravidade dos fatos, o deputado estadual Carlos Bordalo  solicitou à Corregedoria da Polícia Militar e ao Ministério Público que as denúncias sejam investigadas em caráter de urgência. 

Comentários